quinta-feira, 28 de julho de 2011

MANCHAS


pintura/Manabu Mabe


Uma mancha obscura e a figura
se desfaz na pincelada
A manhã escureceu
engolem-se
os asteriscos no céu
na linha do horizonte o sfumatto
Afogará a noite o seu rosto
encardido de manchas...

Um comentário:

EDER RIBEIRO disse...

que possamos sempre estar em estado de Luz para apagar essas manchas, bjos.