sexta-feira, 2 de setembro de 2011

SIMPLESMENTE GOTA




(Líricas de um Evangelho Insano)





...Ela floresce luz

floresce reflexos de galáxias distantes

calor de corações arfantes

ardor de lábios que se desejam

ela é simplesmente gota

e explode a alma do poema

Um comentário:

EDER RIBEIRO disse...

No teu poema ela não é simplesmente gota, é a inundação do belo contido tanto na imagem como na poesia. Bjos.