segunda-feira, 12 de setembro de 2011

ESCRITA


pintura/estudo rosa7a
óleo s/tela
Lilianreinhardt


(Os Roseirais de Zavadwski)

...ele escrevia nas pétalas o que lhe ditavam os espinhos/
e desembarcava nas estações onde os comboios
também chegavam carregados de batatas, arroz,
trazendo as escritas das raízes/ enquanto nasciam
e morriam rosais/ele escrevia sobre o imperecível beijo que alimenta a vida...

Um comentário:

EDER RIBEIRO disse...

escrever tb é perfumar aqueles que leem. Bjos.