segunda-feira, 14 de setembro de 2009

SEI QUE ME ACORDARÁS




Sei que me acordarás
caminhas sempre comigo

dobrando os sinos das minhas noites cansadas

farfalhando com a luz de tuas mãos

as madeixas das minhas folhas dormidas

Sei que me acordarás

a qualquer momento explodindo a canção

e ficarei novamente pasma e verso

com teu beijo reflorescente

com as asas das tuas mãos aconchegando

as borboletas dos meus grãos

e modelando a essência dos lençóis da minha manhã

que de ti goteja.

2 comentários:

O Profeta disse...

Troquei as voltas a um Golfinho feliz
Afagei a cria de uma Baleia azul
Confundi uma nuvem com ilha encantada
Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

Aprisionei o olhar de uma gaivota
Enchi a alma com penas de imensa leveza
Enchi o coração de doce maresia
Adormeci nos braços da incerteza

Vem viajar comigo no meu barco de papel


Boa semana

Doce beijo

O mar me encanta completamente... disse...

Olá minha lindinha, venho me desculpar pela ausência,
mas é que minha saúde está debilitada.
Estamos muito traumatizados e tristes com tudo o que
aconteceu, (viste la no meu blogue)
Vim agradecer teu carinho,
e dizer que é sempre uma delicia "viajar" aqui no
teu cantinho, caminhar por tuas palavras...


Bom fim de semana.

Beijinho