sábado, 5 de abril de 2008

UMA CANTATA E FUGA

www.thousands.com


De onde vens canção minha, de onde vens!

Para onde vais, para onde vais, que me habitas

nesta única gota d'água da minha pena?!...

4 comentários:

Fenrisar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
eder ribeiro disse...

Não é à-toa que seu blog chama-se corda sensível, pois percorrer seus versos é trilhar esta linha que separa o real do imáginario e para isso tem que ter muita sensibilidade na arte da escrita. Parabéns, bjos.

Fenridal disse...

See Please Here

Madalena Barranco disse...

Querida Lilian, que alegria "conhecer" você! Ficou linda na foto e seu blog está muito bonito.
Sim, existe uma canção em única gota de água, que você transformou em um poema. Beijos.