quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

HAIKAIS






IIIC
Fiação na roca
umbigo cósmico e tear
ponto no espelho


IV C
Lava nesta concha
aceso fóssil no ninho
A ave foi ferida
VC
É Portada aberta
Na floresta inquieta
a lua chegando
VIIC
Dobram-se esses juncos
na travessia do vento
vergada a tormenta
IIX C
Aranha fiandeira
só arquiteta e vigia
a cada laçada
XIIC
Efígie gasta
na moenda louca
roda só rolando

XIIC

Luz no clausura
filtra a casa do mundo
é morada acesa

Um comentário:

EDER RIBEIRO disse...

Lilian, seus haikais prende o leitor e ele o assimila tão rápido que fica um gosto de quero mais. Bjos.