segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

UM PENTAGRAMA DE NATAL



Pintura em madeira/séc. VI d.c. /retrato de Jesus/o Nazareno/detalhe/ ao lado do Prior do mosteiro Ména/da Abadia de Baouit/ no Moyenne Egypte/Museu do Louvre/Paris/FR

FELIZ NATAL!
PRÓSPERO ANO DE 2010!


Quando o vento sopra as estrelas
sopra os frutos
tudo o que se guarda
se move
pois quem traçou o caminho dos ventos
também deixou seus rastros
escritos na via das estrelas
e um pentagrama de gaivotas...
Assim como é em cima
é embaixo diz a Lei!
Desde a primeira pedra te espero
à beira do rio onde nasce o milho
lá onde se multiplicam as palavras
e os peixes de sangue e jade
e a aurora esparge o pólen
A pedra foi revolvida
Ele é nascido todos os dias...


É NATAL!


Um comentário:

EDER RIBEIRO disse...

A pedra foi revolvida
Ele é nascido todos os dias...
É NATAL!
Toda a intensidade e simbologismo do Natal vc expressou nestes versos. Querida Lilian meus aplausos hoje são para ti. Um Feliz Natal e um ano novo de Luz. Bjos.